Inteligência Emocional: Desenvolva a sua

A inteligência emocional é a capacidade de reconhecer, compreender e gerenciar as próprias emoções e as dos outros de forma eficaz. Ela é considerada uma habilidade essencial para a vida pessoal e profissional, pois influencia o modo como nos relacionamos, tomamos decisões, resolvemos problemas e lidamos com desafios. Neste artigo, vamos apresentar alguns conceitos, benefícios e exemplos de inteligência emocional, bem como algumas dicas de como desenvolvê-la.

O que é inteligência emocional?

O termo inteligência emocional foi popularizado pelo psicólogo e jornalista Daniel Goleman, em seu livro homônimo publicado em 1995. Segundo ele, a inteligência emocional é composta por cinco domínios: autoconhecimento emocional, controle emocional, automotivação, empatia e habilidades sociais. Cada um desses domínios envolve diferentes competências que podem ser aprendidas e aprimoradas ao longo da vida.

O autoconhecimento emocional é a capacidade de identificar e nomear as próprias emoções, reconhecendo suas causas, efeitos e sinais. O controle emocional é a capacidade de regular as próprias emoções, expressando-as de forma adequada e evitando reações impulsivas ou destrutivas. A automotivação é a capacidade de usar as próprias emoções para impulsionar ações positivas, como persistir diante de obstáculos, buscar objetivos e superar frustrações. A empatia é a capacidade de perceber e compreender as emoções dos outros, colocando-se no lugar deles e respeitando suas diferenças. As habilidades sociais são a capacidade de interagir e se comunicar com os outros de forma efetiva, construindo relacionamentos saudáveis, cooperativos e harmoniosos.

Quais são os benefícios da inteligência emocional?

A inteligência emocional traz diversos benefícios para a vida pessoal e profissional, como:

  • Melhora a saúde física e mental, pois reduz o estresse, a ansiedade, a depressão e outros problemas emocionais que podem afetar o bem-estar e o funcionamento do organismo.
  • Melhora a autoestima, a confiança e a autoeficácia, pois aumenta o autoconhecimento, a autoaceitação e a autovalorização, além de favorecer o alcance de metas e a realização pessoal.
  • Melhora os relacionamentos interpessoais, pois facilita a comunicação, a compreensão, o respeito, a cooperação, o apoio e o afeto entre as pessoas, evitando conflitos, mal-entendidos e violência.
  • Melhora o desempenho profissional, pois potencializa a criatividade, a inovação, a liderança, a negociação, a solução de problemas, a tomada de decisões, o trabalho em equipe e a satisfação no trabalho.

Quais são os exemplos de inteligência emocional?

A inteligência emocional pode ser observada em diversas situações do cotidiano, como:

  • Saber reconhecer e expressar as próprias emoções de forma assertiva, sem negá-las, reprimi-las ou exagerá-las. Por exemplo, dizer “Estou triste porque não passei na prova” em vez de “Sou um fracasso” ou “Não estou nem aí”.
  • Saber controlar as próprias emoções, evitando que elas interfiram negativamente no comportamento, no raciocínio e na ação. Por exemplo, respirar fundo, contar até dez ou se afastar de uma situação que provoque raiva, em vez de agredir verbalmente ou fisicamente alguém.
  • Saber usar as próprias emoções para motivar-se e alcançar objetivos, transformando-as em fontes de energia, inspiração e aprendizado. Por exemplo, usar a alegria para celebrar as conquistas, a tristeza para refletir sobre os erros, o medo para se preparar para os desafios e a raiva para buscar mudanças.
  • Saber perceber e compreender as emoções dos outros, demonstrando interesse, atenção, respeito e empatia. Por exemplo, ouvir atentamente o que alguém tem a dizer, observar sua linguagem corporal e facial, perguntar como se sente e oferecer ajuda se necessário.
  • Saber interagir e se comunicar com os outros, estabelecendo vínculos positivos, cooperativos e harmoniosos. Por exemplo, elogiar, agradecer, pedir desculpas, fazer críticas construtivas, resolver conflitos, compartilhar ideias, dar feedbacks, liderar e seguir.

Como desenvolver a inteligência emocional?

A inteligência emocional pode ser desenvolvida por meio de diversas estratégias, como:

  • Buscar o autoconhecimento, por meio de reflexões, diários, testes, terapias e outras ferramentas que possam ajudar a identificar e compreender as próprias emoções, seus gatilhos, seus padrões e seus efeitos.
  • Buscar o controle emocional, por meio de técnicas de relaxamento, meditação, respiração, exercícios físicos e outras atividades que possam ajudar a reduzir o estresse, a ansiedade e a tensão emocional, além de promover o equilíbrio e o bem-estar.
  • Buscar a automotivação, por meio de metas claras, realistas e desafiadoras, planos de ação, recompensas, feedbacks e outras formas de estimular e manter o interesse, o entusiasmo e a persistência em relação aos objetivos pessoais e profissionais.
  • Buscar a empatia, por meio de uma postura aberta, curiosa, respeitosa e solidária em relação aos outros, procurando ouvir, observar, perguntar, compreender e se colocar no lugar deles, sem julgar, criticar ou impor a própria visão.
  • Buscar as habilidades sociais, por meio de uma comunicação clara, assertiva, respeitosa e eficaz, procurando expressar as próprias emoções, opiniões e necessidades, bem como entender as dos outros, buscando o diálogo, a cooperação e a harmonia.

A inteligência emocional é uma habilidade que pode ser desenvolvida e aprimorada ao longo da vida, trazendo benefícios para a saúde, a autoestima, os relacionamentos e o desempenho pessoal e profissional. Para isso, é preciso buscar o autoconhecimento, o controle emocional, a automotivação, a empatia e as habilidades sociais, por meio de estratégias que possam ajudar a reconhecer, compreender e gerenciar as próprias emoções e as dos outros de forma eficaz.


Wilu é uma startup de bem-estar e saúde mental que tem como missão ajudar as pessoas a encontrarem o seu equilíbrio de vida e trabalho, oferecendo serviços e soluções personalizados.

Acreditamos que oferecer bem-estar e suporte aos colaboradores é um investimento que pode transformar a cultura da sua empresa.
Se você quer saber mais sobre como levar mais bem-estar para sua empresa, agende uma conversa.

E para conhecer a plataforma e os serviços disponíveis para você, acesse nosso site aqui.

Mais posts