Feedback: qual sua importância para o time e dicas para aplicá-lo de forma assertiva

O feedback é uma ferramenta essencial para o desenvolvimento e crescimento de equipes de trabalho. Quando aplicado de forma adequada, o feedback pode ter um impacto significativo no desempenho e na motivação dos membros do time. Neste artigo, exploraremos os principais aspectos que você deve saber, para levar essa cultura de forma eficaz para dentro de sua empresa. 

O que é feedback?

Feedback é o processo de fornecer informações, avaliações e orientações sobre o desempenho de um indivíduo ou equipe. É uma troca de informações que visa melhorar o desempenho, o crescimento pessoal e profissional e fortalecer os relacionamentos dentro da equipe. Pode ser dado por superiores, colegas de trabalho ou até mesmo pelos próprios membros do time.

Impacto da aplicação de feedback em seu time

A aplicação adequada de feedback pode ter um impacto poderoso no time. Quando fornecido de forma construtiva e positiva, o feedback pode aumentar a motivação, a produtividade e o comprometimento dos membros da equipe. Além disso, pode fortalecer a confiança, melhorar a comunicação e contribuir para um ambiente de trabalho saudável e colaborativo.

Feedback positivo e feedback negativo

O feedback pode ser dividido em duas categorias principais: positivo e negativo. O positivo é aquele que reconhece e valoriza o bom desempenho, as conquistas e os esforços dos membros do time. Ele promove a motivação e a autoconfiança, incentivando a repetição de comportamentos positivos.

Por outro lado, o feedback negativo concentra-se em áreas que precisam de melhoria. Embora possa ser desafiador receber críticas construtivas, ele é fundamental para o crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional. Quando dado de forma adequada, ele oferece oportunidades de aprendizado e melhoria.

Tipos de feedback

Existem diferentes tipos de feedback, cada um com uma finalidade específica. Vamos explorar alguns deles:

1. Feedback positivo:

O feedback positivo é aquele que reconhece e reforça comportamentos e conquistas bem-sucedidos. Ele deve ser específico, oportuno e genuíno. Ao fornecer feedback positivo, você cria um ambiente encorajador e fortalece a confiança e o relacionamento com os membros do time.

2. Feedback corretivo:

O feedback corretivo é aquele que aponta áreas que precisam de melhoria e fornece orientações sobre como fazer as correções necessárias. É importante ser objetivo, focado no comportamento e oferecer sugestões construtivas para ajudar o membro da equipe a crescer e desenvolver suas habilidades.


3. Feedback insignificante:

Esse tipo de feedback é aquele que não possui um propósito claro e não contribui para o crescimento ou desenvolvimento da equipe. É importante evitar feedbacks insignificantes, pois podem ser percebidos como desperdício de tempo e até mesmo minar a confiança e a motivação dos membros do time.

4. Feedback ofensivo:

É aquele que ataca pessoalmente o indivíduo, é desrespeitoso e prejudicial. Esse tipo de feedback não é construtivo e pode criar um ambiente tóxico no time. É fundamental evitar qualquer forma de feedback ofensivo, pois ele não contribui para o crescimento nem para o desenvolvimento da equipe.

Dicas para aplicar feedbacks assertivos

Agora que entendemos a importância do feedback e os diferentes tipos, vamos compartilhar algumas dicas para aplicar feedbacks assertivos:

  • Seja específico e objetivo: Ao fornecer feedback, seja claro sobre o comportamento ou a situação específica que deseja abordar. Evite generalizações e forneça exemplos concretos para que o membro do time possa compreender facilmente a situação.
  • Seja oportuno: O feedback é mais eficaz quando é fornecido logo após a ocorrência do evento ou situação que você deseja abordar. Dessa forma, a informação ainda está fresca na memória de todos, facilitando a compreensão e a aplicação das melhorias necessárias.
  • Seja construtivo: Lembre-se de que o objetivo do feedback é auxiliar no crescimento e no desenvolvimento. Portanto, forneça orientações e sugestões construtivas sobre como melhorar o desempenho. Evite críticas negativas gratuitas e foque em soluções e alternativas viáveis.
  • Mostre empatia: Ao dar feedback, coloque-se no lugar do receptor e tente entender como ele pode estar se sentindo. Aborde a situação com empatia e respeito, levando em consideração os sentimentos e as perspectivas do outro.
  • Aposte no equilíbrio: Equilibre o feedback positivo com o feedback corretivo. Reconheça e valorize as realizações, mas também aponte áreas que precisam ser trabalhadas. Isso demonstra uma abordagem equilibrada e ajuda a criar um ambiente de desenvolvimento contínuo.
  • Ofereça suporte e recursos: Ao fornecer feedback corretivo, certifique-se de que o membro da equipe tenha as ferramentas e os recursos necessários para fazer as melhorias. Ofereça treinamento adicional, mentorias ou qualquer apoio que possa auxiliar no desenvolvimento das habilidades requeridas.
  • Promova o diálogo: O feedback deve ser uma via de mão dupla. Encoraje o membro da equipe a compartilhar sua perspectiva e a participar de uma discussão aberta e construtiva. Isso promove a comunicação efetiva e ajuda a criar um ambiente de confiança e colaboração.

Com isso, você já sabe os primeiros passos para aplicar essa cultura tão fundamental dentro da sua empresa. O feedback visa o crescimento através do diálogo, por isso busque sempre formas de aplicá-lo de forma realmente efetiva.

Além disso, a Wilu Teams pode ajudar a dar suporte aos seus funcionários, colocando seu bem-estar em primeiro lugar, evitando assim casos de burnout e turnover, por exemplo. 

Acesse agora mesmo nossa plataforma, solicite uma demonstração  e leve mais qualidade de vida para dentro da sua empresa! 

Mais posts